Obesidade canina, e agora?

A obesidade canina pode levar cachorros e gatos a vários problemas, entre eles, a diabete. Assim como os seres humanos, nossos amiguinhos de quatro patas também precisam de cuidados com o peso e a alimentação é aí que entra o veterinário endocrinologista.

A diabetes canina ou felina são muito perigosas para o bem estar dos nossos amigos e requer cuidados especiais e contínuos quando acontece.

Um cachorro ou gato com diabete necessita tomar insulina, ter uma alimentação balanceada e ir frequentemente ao veterinário para acompanhamento.

O profissional que irá cuidar do seu bichinho é o Veterinário endocrinologista. Ele poderá identificar qual o grau de diabete e o melhor tratamento indicado.

Mas como evitar a diabete canina ou felina?

A principal maneira é regular a alimentação. Evite a todo custo dar doces, massas ou alimentos ricos em açúcar. Lembre-se que na natureza, eles não comem nada doce.

O seu animalzinho precisa de uma ótima ração e nada mais. Caso você queira dar outro tipo de comida para ele, é importantíssimo conversar com o seu veterinário para juntos definirem uma alimentação saudável.

Gostou? Ajude-nos a compartilhar...

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Receba em primeira mão os próximos vídeos:

Paula Riolfi

Paula Riolfi

Bióloga, Pesquisadora e especialista em Saúde Pública

Veja outras matérias